• Dapes Investimentos

ETFs, fundos e ações: conheça essas três modalidades de investimento e descubra qual é a melhor.

Atualizado: 6 de mai. de 2021


No mundo dos investimentos existem diversas modalidades para você aplicar recursos e obter retorno. Por essa variedade ser tão grande, é normal ficar em dúvida em por onde começar. Para te ajudar, vamos te explicar neste artigo três das principais modalidades de investimentos para você compará-las e encontrar a que melhor se encaixa no seu perfil. E claro que você sempre pode contar com os assessores da Dapes para te orientar nessa escolha. Vamos lá?


Ações


Elas nada mais são do que títulos emitidos por empresas que são colocados à venda na Bolsa de Valores. Essas empresas abrem o seu capital para que qualquer investidor possa comprar suas ações e, assim, ela consegue adquirir mais recursos para investir nela própria ou em um novo projeto.


A Bolsa de Valores é responsável por organizar o mercado financeiro, garantindo que a empresa que abriu o capital - e que está vendendo suas ações lá - receba o pagamento pelos títulos vendidos e que o investidor que os comprou receba o seu dividendo, se houver.


A compra e venda de ações são operações de risco, portanto ter um perfil de investidor mais agressivo é essencial. Ainda assim, é possível minimizar os riscos através da diversificação entre empresas de diferentes setores.


Atualmente, existem alguns modos de operar na bolsa de valores. Vamos destacar quatro deles aqui:

  • Swing Trade: operações de compra e venda de ações na bolsa com duração de dias, semanas, meses e até anos. É quando um investidor compra uma ação e aguarda para vendê-la quando o cenário estiver favorável para isso ou for conveniente de acordo com a sua estratégia. Esse formato é indicado para quem quer lucrar no mercado de ações mas não tem tempo de acompanhar as variações do mercado durante o pregão.

  • Day Trade: quando o investidor compra e vende a ação no mesmo dia para lucrar com as oscilações do mercado. Essas são operações de alto risco e indicadas para investidores experientes.

  • Buy and hold: a tradução para o português significa “comprar e segurar”. É o formato ideal para investidores que focam em operações de longo prazo. Aqui o investidor compra as ações e fica com elas por um longo período, já que o seu objetivo vai além de especular os preços das ações. Ele quer se tornar sócio da empresa e lucrar com seus resultados.

  • Growth investing: nesta modalidade, o investidor dá preferência a empresas menores, cujas ações estão sendo negociadas a preços baratos. Aqui a ideia é apostar em empresas com grande potencial de crescer exponencialmente e aumentar o seu valor de mercado. Dessa forma, quando você vender as suas ações, elas estarão valendo muito mais.

Fundo de Investimento:


É uma opção simples e, por isso, boa para quem quer migrar da poupança para aplicações mais rentáveis. Por outro lado, também existem fundos mais sofisticados para quem já conhece bem o mercado financeiro.


O fundo funciona da seguinte forma: ele reúne recursos de vários investidores para que sejam aplicados em conjunto e os ganhos obtidos são divididos entre os participantes de acordo com a proporção do valor depositado por cada um.


São variados os investimentos que um fundo pode ter. Eles vão desde ações, CDS, debêntures, moedas, derivativos e até investimentos estrangeiros.


O patrimônio do fundo - que é a soma de todos os valores depositados pelos participantes - é aplicada por uma instituição ou gestor e este patrimônio é dividido em cotas. Um investidor que aplica em um fundo está, na verdade, adquirindo cotas dele, e a rentabilidade do investimento também é calculada com base no valor das cotas.


Se você investir R$ 10 mil em uma carteira com cotas valendo R$ 10 cada, por exemplo, você irá adquirir mil cotas ao total. Se um ano depois, suas cotas estiverem valendo R$15, você teve um retorno de 50% no período.


Uma das principais vantagens do fundo de investimento é você contar com a gestão de um profissional especializado, que tomará decisões com base em critérios e análises. Outra coisa boa é que os fundos podem te dar acesso a investimentos que, em outras circunstâncias, não estariam disponíveis. Se uma pessoa tem apenas R$ 500 para investir, por exemplo, ela não conseguirá diversificar comprando várias ações diferentes, mas pode investir em um fundo que aplique em várias grandes corporações.


ETFs


A sigla significa exchange traded funds, que são fundos de investimento que replicam o desempenho de determinados índices. Eles são negociados na bolsa de valores como se fossem papéis de uma empresa.


Uma das vantagens da ETF é a possibilidade de diversificação. Você pode diluir seus recursos em vários papéis ao invés de apostar tudo em uma única ação que pode oscilar de maneira brusca.


Outra vantagem da modalidade é que ela permite que você compre ações de várias empresas pagando muito menos do que se fosse comprá-las de forma separada. Isso também ajuda na diversificação e protege sua carteira das oscilações do mercado. Além disso, por serem negociadas na bolsa de valores, você consegue comprar e vender uma ETF muito rapidamente


No Brasil nossa principal ETF é a BOVA11, que acompanha o índice da Bovespa. Se você investir na BOVA11, por exemplo, através de uma única ordem de compra você irá se tornar sócio de empresas como Vale, Petrobras, Itaú, Bradesco, Ambev, Embraer e Magazine Luiza.

Outra ETF de peso é a IVVB11 que replica o índice S&P500 que é a bolsa de valores onde estão as maiores empresas de tecnologia dos Estados Unidos, como Google, Facebook, Microsoft, Apple, Disney, Netflix e Visa.


Agora que você já conhece um pouquinho de cada uma dessas modalidades, converse com o seu assessor de investimentos da Dapes. para montar a estratégia ideal para você ter sucesso nos seus investimentos.



#etfs #fundos #ações #fundosdeinvestimento


Fontes:

https://lp.rico.com.vc/etfs?campaignid=6460378076&adgroupid=93684818393&feeditemid=&targetid=kwd-19914204171&loc_interest_ms=&loc_physical_ms=1001533&matchtype=b&network=g&device=m&devicemodel=&ifmobile=1&ifmobile=&ifsearch=1&ifsearch=&ifcontent=0&ifcontent=&creative=427367322692&keyword=%2Betf&placement=&target=&utm_source=google&utm_medium=cpc&utm_term=%2Betf&utm_campaign=GGLE_PESQ_Fundos-de-Investimento&hsa_kw=%2Betf&hsa_acc=7134496929&hsa_ad=427367322692&hsa_net=adwords&hsa_src=g&hsa_tgt=kwd-19914204171&hsa_grp=93684818393&hsa_mt=b&hsa_cam=6460378076&hsa_ver=3&gclid=EAIaIQobChMIo76Om82_7wIVwgWRCh3OnwFkEAAYAyAAEgKcm_D_BwE


https://www.infomoney.com.br/guias/fundos-de-investimento/


https://blog.clear.com.br/bolsa-de-valores-para-iniciantes/?gclid=EAIaIQobChMIvrX458rC7wIVjg2RCh1KmglUEAAYBCAAEgLgvPD_BwE


11 visualizações0 comentário