• Dapes Investimentos

Entendendo as fintechs


Tudo sobre o novo modelo de negócio que vem revolucionando o mercado financeiro.


Fintech são as startups do mundo das finanças. Elas usam a tecnologia como a base do seu negócio para proporcionar mais simplicidade e agilidade para os clientes em processos financeiros comuns, como compras, transações, pagamentos, empréstimos, dentre outros. Em uma fintech, por exemplo, é possível abrir uma conta, aumentar o limite do seu cartão de crédito ou pedir um empréstimo com apenas alguns cliques do seu celular.


Com muita tecnologia e sem burocracia, as fintechs têm crescido cada vez mais no Brasil. Mais de 2 bilhões de dólares foram investidos em fintechs no Brasil nos últimos seis anos. Os dados do Distrito FinTech Report 2020 mostram que, atualmente, existem 742 fintechs no país, o que representa um aumento de 34% em relação a 2019. Além disso, desde 2015, mais de 200 rodadas de investimento injetaram 2,4 bilhões de dólares nas fintechs no Brasil e, entre 2018 e 2019, esse capital de investimento deu um salto de crescimento de 183%.


Quando o assunto é investimentos, as fintechs seguem uma estratégia diferente dos bancos. Comumente as fintechs são especializadas em um número reduzido de produtos, o que pode afastar os clientes por não possuírem uma plataforma 100% completa para todas as duas demandas. É por elas serem tão especializadas, inclusive, que não podemos imaginá-las como meros bancos digitais. Confira agora os principais tipos de fintechs do mercado:


  • Fintechs de pagamento: facilitam os processos de compra e venda, assim podem oferecer novidades em cartões de crédito e juros abaixo da média do mercado

  • Fintechs de empréstimo: conseguir um empréstimo a juros menores já é uma realidade. Com uma estrutura enxuta, essas fintechs fazem análise de crédito com ajuda da tecnologia para deixar o processo mais simples e rápido.

  • Fintechs de crowdfunding: já temos fintechs para a tão famosa “vaquinha”. As plataformas de financiamento coletivo ajudam pessoas a tirarem seus projetos do papel de forma muito mais simples.

  • Fintechs de Bitcoins: para lidar com essa febre, surgiram fintechs que facilitam as transações de quem investe em bitcoins

  • Fintechs de controle financeiro: através de um aplicativo no celular, elas auxiliam no controle das despesas com a criação de categorias de gastos, definição de metas e muito mais.

  • Fintechs de investimento: através da tecnologia, elas facilitam o processo para quem deseja investir, simplificando os serviços e oferecendo conteúdos para a pessoa saber como investir melhor o seu dinheiro.


E os bancos tradicionais?


Se há alguns anos o cenário era de animosidade e competição, hoje é muito mais de colaboração. Muitos bancos tradicionais não só passaram a incorporar as tecnologias utilizadas pelas fintechs para facilitar processos, como também tornaram-se investidores delas.


Para o futuro, a ideia é associar o que cada um tem de melhor: o conhecimento e vasta clientela dos bancos, com a tecnologia das fintechs, para que o cliente saia ganhando.


Bancos tradicionais como o Safra, por exemplo - a quem a Dapes está associada através do Safra Invest - já contam com tecnologia de ponta para tornar os processos muito mais simples para o cliente e oferecem a tradição e a solidez de uma instituição financeira de 175 anos.


Quem abre uma conta no Banco Safra através da Dapes, inclusive, não conta com tarifas bancárias, têm acesso a todos os produtos do banco, contando com uma plataforma completa de investimentos, crédito, câmbio, cartão de crédito, transferências e muito mais.


Posso confiar em uma fintech?


As inovações no mercado financeiro evoluem a uma grande velocidade e tudo é acompanhado pelos órgãos reguladores. Então, antes de uma fintech começar a operar ela irá passar uma verificação rigorosa.


Agora, assim como a internet é sua aliada na hora de usar um fintech, ela também é muito útil na hora de pesquisar sobre elas. Antes de aderir a qualquer fintech, recomendamos que você faça uma pesquisa básica sobre ela, converse com pessoas que já são clientes, se possível, e fale com seu assessor de investimentos da Dapes que, com certeza, irá lhe orientar da melhor forma.



#investimentos #fintechs #fintechsdeinvestimento #fintechsdecontrolefinanceiro #fintechsdebitcoins #fintechsdecrowdfunding #fintechsdeemprestimo #fintechsdepagamento



Fontes:

1. https://www.consumidormoderno.com.br/2021/02/15/evolucao-fintechs-brasil-ganham-mais-espaco/

2. https://blog.magnetis.com.br/o-que-e-fintech/

3. https://blog.toroinvestimentos.com.br/fintech-o-que-e

4. https://neofeed.com.br/blog/home/bancos-versus-fintechs-muito-barulho-por-nada-os-gigantes-respondem/






12 visualizações0 comentário