• Dapes Investimentos

Entenda como funciona a Bolsa de Valores

Atualizado: 16 de ago. de 2021



Muitos investidores iniciantes se interessam pela Bolsa de Valores pelo grande potencial de valorização que ela pode proporcionar.


No entanto, apesar de ser atrativa, é preciso entender bem como a bolsa de valores funciona e conhecer quais são as possíveis estratégias de investimentos que ela oferece. Assim, os investidores poderão verificar quais foram as metodologias bem e mal-sucedidas, podendo escolher a estratégia que se encaixa melhor no seu perfil e objetivo como investidor.


Para muita gente, a bolsa de valores ainda pode parecer um ambiente distante e difícil de acessar. Na prática, não é nenhum bicho de sete cabeças. Existe uma lógica própria, mas totalmente compreensível.


Esse artigo foi preparado com o objetivo de apresentar aos novos investidores os funcionamentos da bolsa de valores e do mercado de ações. Confira:


  • O que é bolsa de valores?

  • História da Bolsa de Valores - como tudo começou

  • O que é o índice Bovespa?

  • Como funciona a bolsa de valores?

  • Qual a importância da bolsa de valores?

  • Principais bolsas de valores no Brasil e no mundo

  • Como saber se você está preparado para investir na bolsa de valores?

  • Como investir na bolsa de valores?


O que é Bolsa de Valores?


Uma bolsa de valores é um ambiente de negociações financeiras. Nela, negociam-se ações, títulos de dívida, contratos futuros, commodities, entre outros. Confira:


Ações - Uma ação, ou papel, é um pedaço de uma empresa. Logo, quem possui uma ação, é sócio de uma empresa, sendo chamado de acionista. Antigamente as ações eram realmente pedaços de papel, como um comprovante. Quem detinha o papel era o dono da ação "ação ao portador", então era costumeiro inclusive guardar as ações em cofres


As empresas com acionistas são chamadas de sociedades anônimas (S.A.) e elas podem ser de capital aberto ou de capital fechado. As ações de uma S.A. de capital fechado não são comercializadas em uma bolsa de valores. Já as ações de uma S.A. de capital aberto, são.


Dividendos - O dividendo é uma espécie de “salário” do acionista. É um valor pago pela empresa periodicamente ao acionista, por cada ação que ele possui. Elas não tem um prazo específico de pagamento, porém as empresas no Brasil costumam distribuir, no mínimo, 25% do lucro líquido via dividendos.


Commodities - Commodities (do Inglês: mercadorias) são “insumos pouco processados em estado bruto que possuem características semelhantes independente do produtor”, podendo assim ter um preço padrão, em todo o mundo. Esse é o caso do petróleo bruto, da saca de café, do ouro, etc.


Índices - Os índices são medidores do desempenho de uma bolsa de valores. O principal da bolsa brasileira é o IBOVESPA, também abreviado como IBOV, que soma o desempenho das empresas mais importantes que estão na bolsa. Há o IEE (Índice de Energia Elétrica), que mede o desempenho de empresas do setor da energia elétrica; o SMLL (Índice Small Cap), que mede o desempenho das empresas de pequeno porte; o INDX (Índice do Setor Industrial); IFIX (Índice de Fundos Imobiliários) e etc.


O home broker - O home broker é um sistema eletrônico, ou seja, um programa de computador ou celular, que reúne as cotações, as ações que o investidor já possui, entre outras coisas. Esse sistema reúne muitas informações importantes e ainda permite que o investidor dê ordens, de compra e venda, por exemplo, diretamente e em tempo real, sem ter que fazer uma ligação telefônica à bolsa de valores, como era antigamente.


Corretoras - As corretoras são empresas que fazem a mediação das negociações na bolsa. Não é possível investir na bolsa de valores sem ter uma corretora. As corretoras também oferecem outros serviços e produtos, como orientações de investimento, o próprio home broker, relatórios, etc.


Títulos da dívida pública - Quando uma empresa ou instituição, que pode ser privada ou não, está precisando de dinheiro, ela pode emitir títulos de dívida, com um valor, uma taxa de juros e um prazo definido. Quem compra o título, está emprestando dinheiro a quem o emitiu. Quando esses títulos são emitidos pelo governo, eles são chamados de títulos da dívida pública, comumente encontrados no Tesouro Direto.


Contratos futuros - Um contrato futuro é um acordo de compra e venda a ser realizado no futuro, em uma data estipulada com um preço determinado. Por exemplo, daqui a 3 meses você comprará 1 tonelada de ferro, a um preço X, de um determinado vendedor. Isso permite que o comprador e o vendedor da commodity não fiquem sujeitos às variações de preço, pois não se sabe com certeza qual será o preço daquele produto na data estipulada, porém, através da compra ou venda de um mercado futuro, esse comerciante poderá "travar" seu preço. Esse mercado também é bastante utilizado para especulação, sendo o alvo principal de muitos day-traders.


História da Bolsa de Valores - como tudo começou


Apesar de diferentes histórias quanto ao seu local de origem, a motivação desse mercado surgiu de maneira bastante natural: comerciantes que se reuniam para tratar de negócios, comprar e vender moedas, metais preciosos, cartas de crédito e notas promissórias.


O termo “Bolsa” começou a definir este mercado na Bélgica, em 1487, quando os comerciantes e mercadores se reuniam para essas negociações na casa de um homem chamado Van der Burse. O brasão da família de Burse possuía a figura de três bolsas, e foi daí que o termo ganhou significado no mercado financeiro.


Então vieram as Bolsas de Valores da Antuérpia, Amsterdam, Londres, Paris e o todo o mercado de Bolsas de Valores que conhecemos hoje.


O que é o índice Bovespa?


O Ibovespa significa Índice da Bolsa de Valores de São Paulo. Ele é o principal indicador de desempenho médio das ações. Basicamente, esse índice é uma carteira teórica de ações que contém os ativos que movimentam os maiores volumes de negociação, algo em torno de 80% do total diário. Entre eles, estão Petrobras (PETR4/PETR3), Vale (VALE3), Ambev (ABEV3) e Itaú (ITUB4/ITUB3).


A carteira do Ibovespa é reavaliada a cada quatro meses. Assim, a composição tende a variar ao longo do tempo. No mercado, ele é muito conhecido como o índice Bovespa ou IBOV. Por conta da sua representatividade, o Ibovespa é considerado o benchmark da renda variável.


Então, se você quer saber como estão seus investimentos em ações, basta compará-lo ao CDI. Caso ele esteja maior ou igual, em termos de valorização, é sinal de que os seus investimentos estão indo bem.


Como funciona a bolsa de valores?


Para entender como funciona a Bolsa de Valores, temos que compreender desde o momento em que uma empresa abre capital, ou seja, começa a vender suas ações no mercado, até o momento em que os investidores negociam essas ações entre si.


A bolsa de valores funciona como um mercado organizado para a negociação dos ativos financeiros. O mais popular ativo é a ação (uma pequena parte de uma empresa). Ou seja, ao comprar a ação, você se torna um acionista, um pequeno sócio do negócio.


Qual a importância da Bolsa de Valores?


A Bolsa de Valores é indispensável para as organizações, pois permite que elas ampliem seus horizontes de crescimento, sem que precisem apelar para empréstimos ou financiamentos. Ao vender parte de seu capital social, a empresa financia os investimentos e, ao mesmo tempo, recebe a confiança dos investidores/acionistas.


Também é um importante local para alocar capital. É um encontro de quem precisa de recursos (empresas) e de alocadores de capital (pessoas físicas, fundos, bancos) que possuem capital excedente e precisam rentabilizá-lo, seja investindo nessas empresas ou emprestando esses recursos através de títulos de dívida pública ou privada. A bolsa é a união de quem precisa de $ com quem precisa alocar $, fazendo as empresas se financiarem, crescerem, prosperarem, contratando mais pessoas, pagando mais impostos, etc. Fazendo a economia girar, melhorando os negócios para si, para quem aloca e para a sociedade em geral, já que as empresas se tornam maiores e mais produtivas.


Principais Bolsas de Valores no Brasil e no mundo


As Bolsas pelo mundo - A maioria dos países tem apenas uma bolsa de valores, enquanto que os Estados Unidos têm mais: a NYSE, NASDAQ e a CME Group, ambas na cidade de Nova Iorque. Já a República Popular da China tem três: a de Shenzen, a de Shanghai e a de Hong Kong.


Note que existem “duas Chinas”, ou seja, o país está dividido em dois. A República Popular da China é formada pela maior parte do país, pela região continental. Já a República da China é formada pela Ilha de Taiwan, também chamada de Ilha Formosa.


Algumas dezenas de países não possuem nenhuma bolsa de valores, como Mônaco e Vaticano — dois microestados —, Cuba — um país socialista e de economia fechada —, a República Democrática do Congo, a Etiópia, o Iêmen e o Tajiquistão.


Circuit breaker - O circuit breaker (do Inglês “quebrador de circuito”) é uma paralisação da bolsa de valores, uma interrupção das negociações. Caso a bolsa brasileira acumule uma queda de 10% em relação ao dia anterior, ela ficará paralisada por 30 minutos. Em caso de queda de 15%, por 1 hora, mas em caso de 20%, o tempo de parada é indeterminado, cabendo à bolsa definir um prazo de reabertura.


De acordo com a corretora Toro, “isso evita que negócios sejam realizados no desespero e aconteça uma queda descontrolada nos preços dos ativos” e a bolsa “permite que os investidores tenham tempo para se planejar em um momento de estresse do mercado”


A Bolsa de Valores brasileira - O Brasil também tem uma bolsa de valores, a B3, sigla para “Brasil, Bolsa, Balcão“. Ela também é chamada de Bolsa de Valores de São Paulo, BOVESPA e BM&FBOVESPA. Estes são nomes históricos dela. Nosso país também já teve a Bolsa de Valores do Rio Janeiro, de 1820 a 2002, quando ela foi vendida e fundida com a bolsa de São Paulo.


Como saber se você está preparado para investir na Bolsa de Valores?


A principal razão para ter medo deste mercado é porque as pessoas ainda não sabem ao certo como investir na Bolsa de Valores e, principalmente, como fazer isso de forma correta e segura.


E as vantagens de investir em ações são inúmeras:

  • Oferece o maior potencial de retorno do mercado, sendo considerado frequentemente como um dos melhores investimentos.

  • É uma forma emocionante de aplicar seu dinheiro.

  • Não tem carência. Você pode resgatar seu dinheiro a qualquer momento.

  • Possibilidade de receber dividendos de uma empresa.

  • Não precisa de muito dinheiro para começar.

  • Você pode alugar suas ações para ter um rendimento extra.

  • Isenção de Imposto de Renda se você vender menos de R$20.000 no mês.

  • Prejuízos podem ser deduzidos do Imposto de Renda.


Como investir na Bolsa de Valores?


As ações são negociadas nas Bolsas de Valores. No Brasil, a compra e venda de ações acontece na B3 —união da BM&F Bovespa e Cetip.


Essas negociações são feitas por meio das corretoras habilitadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A lista das corretoras credenciadas pode ser encontrada nos sites da CVM ou da Bolsa (B3).


Para começar a comprar e vender ações, é necessário fazer um cadastro na corretora (informando nome, profissão e endereço). Assim, a corretora abre uma conta desse investidor na Bolsa. Cada instituição determina qual a quantia mínima para a abertura da conta


Pense sobre os seus objetivos financeiros, prazos, tolerância ao risco antes de investir.


Conte com a assessoria da Dapes para te orientar em todo esse processo!


Para acompanhar esses e outros conteúdos sobre investimentos acesse: www.dapesinvestimentos.com.br



ENTENDA COMO FUNCIONA O MERCADO DE AÇÕES E A BOLSA DE VALORES. Disponível em:<https://www.infomoney.com.br/guias/mercado-de-acoes/>. Acesso em: 07. JAN. 2020.


COMO FUNCIONA A BOLSA DE VALORES E COMO APLICAR EM AÇÕES. Disponível em:<https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/12/21/bolsa-de-valores-aplicar-em-acoes-mercado-financeiro-investimento.htm/>. Acesso em: 07 JAN. 2020.


BOLSA DE VALORES: como é e como funciona? saiba como investir. Disponível em:<https://www.sunoresearch.com.br/artigos/bolsa-de-valores/>. Acesso em: 08 JAN. 2020.


BOLSA DE VALORES - mitos e verdades de como funciona esse investimento. Disponível em:<https://blog.toroinvestimentos.com.br/bolsa-de-valores-o-que-e-como-funciona>. Acesso em: 08 JAN. 2020.


BOLSA DE VALORES: o que é e como funciona? Disponível em:<https://www.politize.com.br/bolsa-de-valores/>. Acesso em: 08 JAN. 2020.


#dapesinvestimentos #bolsadevalores #bolsa #ibovespa #acoes #futurofinanceiro #investimentofinanceiro


110 visualizações0 comentário