• Dapes Investimentos

O que são e quais os tipos de Fundos de Inflação?


Se você está disposto a correr riscos nos seus investimentos, os Fundos de Inflação podem ser uma boa alternativa para gerar rendimentos maiores que os da renda fixa tradicional, a depender da volatilidade na taxa de juros.


Mas o que são os Fundos de Inflação e o que você precisa saber antes de apostar na alternativa? É o que vamos esclarecer aqui. Acompanhe tudo e boa leitura!


O que são Fundos de Inflação?


A principal característica dos Fundos de Inflação é que funcionam como um fundo de renda fixa. Ou seja, são recomendados para os investidores dispostos a correr riscos devido a sua alta volatilidade, mas também a modalidade não impede que os investidores mais conservadores invistam a fim de diversificar suas finanças.


É importante que a gestão de um fundo de renda fixa seja acompanhada por um gestor financeiro profissional para que a escolha da alocação dos recursos e a composição do portfólio do fundo seja feita criteriosamente e com segurança.


Para atingir um resultado positivo por este meio de investimento, se faz necessário acompanhar a taxa de juros e aplicar no momento certo, pois em períodos de queda os Fundos de Inflação podem apresentar variações excelentes e expressivas para o seu investimento.


Como funcionam os Fundos de Inflação?


Não há mistério nesse tipo de investimento, seguindo a lógica dos demais fundos de investimento e apresentando regras básicas para os investidores.


O investimento nos Fundos de Inflação é realizado por meio de cotas, onde o investidor compra tais cotas e recebe rendimentos proporcionais a quantidade de cotas que comprou.


A rentabilidade dos Fundos de Inflação tem parte pré-fixada e pós-fixada e, por isso, é considerada híbrida, ficando a depender dos títulos do Tesouro do tipo NTN.


Quais são os tipos de Fundos de Inflação?


A diversificação dos tipos de Fundos de Inflação é abrangente no mercado. No entanto, a sua maioria se encaixa em duas categorias: Fundos de IMA-B 5 e Fundos de IMA-B 5+.


O primeiro é composto por títulos com vencimento menor que 5 anos e o segundo com vencimento superior a 5 anos. Isso implica dizer que quanto maior o prazo de vencimento, mais o título pode variar. Portanto, o IMA-B 5+ apresenta mais riscos, mas também oferece a oportunidade de rendimentos maiores.


Agora que você já conhece um pouco mais dos Fundos de Inflação, procure o time da Dapes Investimentos e descubra a melhor modalidade para as suas finanças. Confie em quem entende do assunto para multiplicar o seu patrimônio.


Compartilhe esse e outros artigos nas redes sociais!


#fundosdeinflação #investimentos #fundoderendafixa #rendafixa #fundosdeinvestimento


Fontes:


1. https://www.capitalresearch.com.br/blog/investimentos/fundos-de-inflacao/


2. https://blog.pagseguro.uol.com.br/fundos-de-inflacao-entenda-como-funcionam-conheca-as-caracteristicas-e-descubra-as-vantagens-e-desvantagens/#rmcl


3. https://www.euqueroinvestir.com/fundos-de-inflacao-ainda-vale-investir/


4. https://valorinveste.globo.com/produtos/fundos/renda-fixa/noticia/2020/11/26/fundos-de-renda-fixa-atrelados-a-inflacao-ganham-atencao-com-alta-de-precos.ghtml


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo