• Dapes Investimentos

O que é Volatilidade nos investimentos?

Atualizado: 6 de mai. de 2021


O que é volatilidade? Você já conhece o impacto dela sobre suas aplicações financeiras? Sabe o que significa, de fato, esse conceito? Ela faz com que você obtenha lucros ou que você tenha prejuízos?


Apesar de passar despercebido por muitos, o termo que, nada mais é do que uma variável que mede a frequência na oscilação dos preços dos ativos negociados em Bolsa, é essencial para traçar as melhores estratégias de operações, principalmente para quem opera no módulo Day Trade ou derivativos e precisa estar muito atento aos riscos.


Aprenda o que é volatilidade e como essa variável pode mudar sua estratégia de negociação. Boa leitura!


O que é volatilidade


Volatilidade nada mais é do que uma medida de dispersão de resultados em torno de uma média.


Como medida de risco, é a mensuração das oscilações históricas de determinada aplicação. Por meio dela, o investidor pode ter uma ideia estimada da variação do preço de certo investimento no futuro, tendo como base a intensidade e a frequência de oscilação e, a partir disso, traçar a melhor estratégia para evitar perdas e lucrar com a valorização de seus papéis.


A volatilidade serve para calcular o risco ou desvio padrão de um ativo. Quanto mais volátil um ativo for, maior risco ele apresenta, já que existe a chance de sua rentabilidade ser menor do que o valor aplicado na hora da compra.


Tipos de volatilidade


Existem três tipos de volatilidade e são calculadas de forma histórica, real ou implícita:

  • Volatilidade histórica - Em resumo, é basicamente a volatilidade que já aconteceu em determinado ativo, ou seja, como ele oscilou no passado.


  • Volatilidade implícita - Utilizando-se de outra metodologia de cálculo, a volatilidade implícita é uma estimativa futura da volatilidade adotada pelo mercado. Para este cálculo são utilizadas informações do preço do ativo subjacente no mercado de derivativos ou futuro. Este tipo de volatilidade é muito utilizada para calcular o preço de opções.


  • Volatilidade real - Também é conhecida como volatilidade futura, para o cálculo desta utiliza-se a cotação do ativo subjacente no mercado futuro. Uma vez que o contrato do mercado futuro chegue ao vencimento está passa a ser volatilidade histórica.


Como a volatilidade auxilia o investidor


O conceito de volatilidade é importante para medir a variação de preços de qualquer tipo de aplicação financeira: ações, fundos de investimentos, títulos em renda fixa ou qualquer outro ativo.


Provavelmente você já viu a palavra volátil sendo aplicada de diferentes maneiras dentro do contexto dos investimentos, o que acontece porque ela está ligada não somente à oscilação no preço dos ativos, mas também tem a ver com o próprio mercado de investimento.


O mercado financeiro sofre a influência de diversos fatores externos, tais como a política, por exemplo, sendo assim, ele próprio está sujeito à volatilidade, o que faz com que esse seja um conceito bastante amplo e, ao compreendê-lo, você sai na frente no mercado de investimentos.


Se você compreende conceitos como os de volatilidade e risco, pode estimar melhor as possibilidades de perdas e ganhos de sua aplicação, diversificando a carteira, maximizando lucros e minimizando prejuízos.


Em resumo, quando o investidor compreende a volatilidade de seus ativos, ele pode determinar quais serão os rumos dos seus investimentos.


Riscos através da volatilidade


Conforme enfatizamos no início deste artigo, há uma relação intrínseca entre risco e volatilidade.


Ao se falar em risco, fala-se sobre as possibilidades de retorno de determinada aplicação serem diferentes do que o investidor esperava ao investir, ou seja, é um conceito relacionado à possibilidade de perder uma parte ou mesmo todo um valor aplicado em determinado ativo.


A volatilidade, por sua vez, entra em jogo quando o investidor deseja medir os riscos de perdas, uma vez que ela é capaz de demonstrar a frequência e a intensidade na variação de preços de um ativo.


Uma aplicação financeira mais arriscada, é também mais volátil, com maiores chances de perdas (e também de ganhos, vale ressaltar). Já uma aplicação mais segura, é menos volátil e tem possibilidades de perdas e de ganhos menores.


Como calcular a volatilidade


Como essa variável é calculada para estimar a oscilação no preço de um determinado ativo?


Não existe uma única resposta. Há diversas formas para identificar essa medida de risco.


Uma forma para determinar a medida a partir do desvio padrão da rentabilidade histórica de um determinado investimento.


Essa é considerada uma medida de volatilidade absoluta, que varia de acordo com o período de tempo determinado de avaliação. Por meio dela, o período escolhido é vital na hora do cálculo.


Há, ainda, formas de avaliar o quanto um ativo é volátil de uma maneira relativa. Nesse caso, sua volatilidade pode ser determinada em relação à oscilação do próprio mercado.


Para isso, a medida beta, uma outra forma de mensuração, é a mais usada, pois determina a volatilidade de um ativo específico frente a um índice de mercado.


Conclusão: a relação da volatilidade com suas aplicações


Não importa se você é um investidor iniciante ou mais experiente, entender como a volatilidade funciona pode fazer a diferença na gestão do seu dinheiro.


Dominar o conceito de volatilidade é imprescindível para qualquer investidor. Não importa se você aplica em renda fixa ou variável, de forma autônoma ou através de fundos.


Entenda o seu perfil, saiba o quanto de volatilidade e risco está disposto a encarar e vá em busca da sua estratégia de investimento.


Agora que você já sabe o que é volatilidade e como ela pode impactar em suas negociações, abra sua conta na Dapes e comece a operar!


acompanhe esses e outros conteúdos sobre investimentos acesse: www.dapesinvestimentos.com.br




O QUE É VOLATILIDADE? Descubra como ela impacta em suas operações. Disponível em:<https://blog.clear.com.br/o-que-e-volatilidade/?>. Acesso em: 08 dez. 2020.


O ASSESSOR SINCERO. Disponível em:<https://twitter.com/SinceroAssessor/status/1182505825983750146>. Acesso em: 08 dez. 2020.


VOLATILIDADE: O que é e como pode ser uma aliada do investidor. Disponível em:<https://blog.rico.com.vc/o-que-e-volatilidade?>. Acesso em: 10 dez.2020


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


#tiposdevolatilidade #volatilidade #mercadofinanceiro #riscosvolatilidade #aplicacoes #volatilidadefinanceira #volatilidadeacoes



5 visualizações0 comentário