• Dapes Investimentos

FGC: dá pra confiar?

Atualizado: 16 de ago. de 2021


O FGC ou Fundo Garantidor de Crédito, nada mais é do que uma instituição mantida pelos próprios Bancos e Financeiras para garantir que saldos de investimentos de até R$250.000,00 em cada instituição financeira distinta, por investidor, sejam quitados em caso de falência.


Caso a instituição onde fez a aplicação não consiga pagar o valor por algum motivo, ou até mesmo venha a quebrar, é a garantia que o investidor terá sobre a aplicação inicial e os rendimentos. Então, em resumo, é uma garantia aos títulos que sejam protegidos pelo FGC.


Porém, há pontos que o investidor precisa estar atento, já que a proteção acontece para somente alguns ativos de renda fixa e existe uma série de regras para que tal aconteça.


Neste artigo, vamos detalhar como esse recurso que protege o investidor e garante algumas aplicações de renda fixa funciona, quais ativos ele protege e mais. Boa leitura!


O que é FGC e como funciona?


Fundado em agosto de 1995, o Fundo Garantidor de Crédito é uma entidade brasileira que não tem fins lucrativos, criado para suprir a necessidade de mais estabilidade no Sistema Financeiro Nacional.


É essa garantia que traz maior tranquilidade e segurança ao investidor para que aplique seu capital sabendo que há algo que o proteja em casos como a quebra ou impossibilidade de pagamento de uma empresa.


Além de proteger, esse fundo também possibilita por meio de organizações indicadas, ou pelo próprio FGC, a contratação de suportes e assistência financeira, para que o investidor possa ser guiado da melhor forma.


As instituições associadas ao banco podem ser sociedades de crédito, bancos, companhias hipotecárias e associações de poupança e empréstimo.


Quais investimentos o FGC cobre?


O FGC assegura os investimentos de renda fixa, títulos emitidos por instituições financeiras, Bancos ou Financeiras, são eles:


  • Certificado de Depósito Bancário (CDB)

  • Recibo de Depósito Bancário (RDB).

  • Letras de Câmbio (LC).

  • Letras Hipotecárias (LH).

  • Letras de Crédito Imobiliário (LCI).

  • Letras de Crédito do Agronegócio (LCA).

  • Poupança.

  • Depósito à vista.

Quanto o FGC cobre e em que situações ?


O patrimônio do Fundo Garantidor de Crédito vem das contribuições mensais de depósitos feitos pelos próprios associados. Bancos e Financeiras precisam transferir (mensalmente) 0,01% das contas dos associados. Isso acontece por meio de transferência para a instituição. Quanto maior o banco, maior será a contribuição junto ao FGC.


Com a existência do FGC e pela segurança que ele trás, pequenos bancos têm maior facilidade de captar dinheiro.


Atualmente, segundo o site da FGC, “o total de créditos de cada pessoa contra a mesma instituição associada, ou contra todas as instituições associadas do mesmo conglomerado financeiro, será de até R$250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), limitado ao saldo existente”, com teto de até R$1 milhão por pessoa, em 4 anos.


No caso de contas conjuntas, limita-se a R$250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), ou ao saldo da conta, desde que inferior ao limite mencionado. Esse montante será dividido pela quantidade de titulares e o crédito do valor garantido feito de forma individual.


Pode parecer pouco, mas apenas em 2017, foi gerada uma receita de R$2,8 bilhões através dessa contribuição compulsória, que veio para contribuir para o sólido patrimônio do FGC, de R$66,4 bilhões de reais, que vem crescendo ano após ano.


Em dezembro de 2019, o FGC possuía um patrimônio de R$80,6 bilhões, dos quais R$54,5 bilhões correspondiam a caixa ou a ativos que podem ser convertidos em caixa. Ou seja, mais de um bilhão de reais em investimentos assegurados pela instituição. Confira:



fonte: FGC


O FGC é uma boa alternativa para quem deseja investir sem precisar correr grandes riscos, já que cobre várias aplicações de renda fixa, tornando-as mais seguras. Para investir em ações com esse tipo de cobertura, o ideal é contar com uma boa corretora de valores.


Gostou do conteúdo? Compartilhe e acompanhe esses e outros conteúdos sobre o mercado financeiro através das redes da Dapes Investimentos.


Não sabe se seu dinheiro está seguro e bem investido? Entre em contato com um de nossos assessores através do site: www.dapesinvestimentos.com.br



#fgc #fundogarantidordecredito #investimentos


Fontes:

  1. https://www.fgc.org.br/home

  2. https://www.linkedin.com/pulse/fgc-d%C3%A1-pra-confiar-felipe-tavares/

  3. https://comoinvestir.thecap.com.br/fundo-garantidor-de-credito-fgc/#De_Onde_Vem_o_Dinheiro_do_FGC

  4. https://artigos.toroinvestimentos.com.br/fgc-o-que-e-fundo-garantidor-de-credito

  5. https://conteudos.xpi.com.br/aprenda-a-investir/relatorios/fgc/



24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo